segunda-feira, 29 de abril de 2013

Como evitar o escurecimento das axilas



Conjunto de causas




O escurecimento das axilas não acontece do dia para a noite e nem pode, na maioria dos casos, ser atribuído a somente uma causa. Alterações hormonais, falta de ventilação, atrito da pele com a roupa, irritação por causa da depilação, do desodorante ou pelo contato do suor com o desodorante. Tudo isso pode culminar naquele momento em que você experimenta uma regata num dia de sol e percebe que as manchas escuras tomaram conta de suas axilas.
O escurecimento da pele da axila é o resultado de um processo inflamatório na região, explica o dermatologista João Paulo Junqueira, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos. "O mais comum é que chamamos de hipertrofia pós-inflamatória, quando algo que a pessoa fez, como a depilação ou uso de uma substância irritante, causa a inflamação e depois o corpo reage com o escurecimento da axila", comenta.
Trocar o método de depilação pode ser o primeiro passo para amenizar e até reverter esse quadro. Segundo os dermatologistas, a fotodepilação é uma grande aliada porque elimina os pelos e faz com que seu volume diminua a cada sessão, reduzindo também a frequência necessária para a depilação. Além disso, a depilação com luz pulsada consegue clarear as regiões escurecidas em 60% dos casos afirma Daniele Bernardi, especialista em fisioterapia dermato-funcional e consultora da rede de estética Siluets.

Depilação e desodorantes


A depilação a lazer também reduz a quantidade de pelos nas axilas, mas não tem capacidadepara clarear a pele afetada. Entre os outros métodos, a cera fria é considerada menos agressiva, e por isso com menos chances de causar o escurecimento, do que a cera quente e a lâmina. Mas pode ser que você tenha usado um desses métodos sem problemas por anos e só depois de um tempo eles comecem a irritar a sua pele.   Neste caso, a dica é trocar a forma de fazer a depilação se você começar a sentir a axila irritada. E essa irritação pode se mostrar na forma de uma coceira, vermelhidão ou ardência, portanto, não ignore esses sinais.
Quanto maior a porcentagem de álcool na fórmula, mais chances da pele ficar irritada e escurecer. Sem falar que você pode ter alergia a um único componente do desodorante. O dermatologista João Paulo Junqueira ressalta que, quando você começar a sentir coceira na axila, pode ser reflexo dessa irritação por causa do desodorante, e o melhor caminho neste caso é ir testando outros produtos até encontrar um que não irrite a pele
Permitir que a pele da axila respire é uma medida aliada contra a aparecimento de irritações, inflamações e alergias, que são responsáveis pelo escurecimento. Por isso é importante estar bem orientado por profissionais antes de usar produtos clareadores. A dermatologista Daniele Bernardi menciona que o efeito desses produtos é pessoal e a soma de desodorante, clareador e suor pode deixar a pele ainda mais abafada e só piorar o quadro.

Um comentário:

  1. Já estou te seguindo
    seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir